fbpx

Vamos falar sobre halitose?

Halitose. Mau hálito. Bafo de onça. Não importa como você chama, qualquer odor forte que sai da boca é desagradável. E todos nós podemos passar por isso em algum momento.

Quando se trata de descobrir a causa, um número inacreditável de teorias já surgiram. E um número igualmente notável de métodos foi tentado para controlar a halitose, desde raspadores de língua até diferentes tipos de enxaguatório bucal.

O que torna a halitose complicada é que os cientistas provaram que você pode não sentir seu próprio hálito. Esse é o ponto. Então, sem perceber, você pode estar andando pelo escritório e espalhando aquele mau cheiro capaz de assustar um rebanho de elefantes.

Mas a boa notícia é que a ciência fez grandes avanços na compreensão das causas do mau hálito e hoje sabemos exatamente como corrigi-las.

Alguns fatos sobre halitose

  • 90% das bactérias causadoras do mau hálito são encontradas no biofilme da língua.
  • A maioria dos “cheiros de halitose” são na verdade gases de enxofre liberados por essas bactérias.
  • Escovar os dentes e enxaguar a boca não são suficientes para remover essas colônias de bactérias.
  • O uso de um raspador de língua apenas remove uma parte da “placa da língua” – grande parte dela está localizada em fendas que são inacessíveis pelo raspador.
  • Uma curiosidade: a idéia de “halitose crônica” foi inventada pelos criadores de um famoso enxaguatório na década de 1920 para provocar demanda pelo seu produto, que já havia sido vendido como “cura” para a gonorréia.

Informação também ajuda a combater a halitose

Para saber mais sobre o mau hálito, acompanhe o nosso blog (especializado no assunto) e, claro, converse também com seu dentista se necessário. Ele poderá orientar com clareza e segurança a melhor conduta, assim como explicar os benefícios de incorporar na higiene oral o sistema TUNG Brush & Gel, o método mais eficaz de evitar e curar a #halitose.

2

 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: