fbpx

Halitose em idosos: causas e tratamentos.

O problema da halitose em idosos é extremamente comum e, ainda bem, quase sempre pode ser facilmente tratado.

A maioria das pessoas quando fica idosa tem problemas de produção de saliva. Um dos fatores que podem estar por trás disso é o uso de medicamentos – como medicamentos para hipertensão, ansiolíticos, colesterol e diabetes – que reduzem a quantidade de saliva produzida.

oldPara quem não sabe, por conta de sua ação bactericida a saliva funciona como um “detergente oral”. Quando não é produzida em quantidade suficiente ou não tem boa qualidade, acaba não limpando direito a boca e comprometendo o hálito fresco e saudável.

Como identificar se a saliva é o problema.

Um exame simples pode indicar se a saliva do idoso está saudável ou não: é a sialometria ou medição de saliva. Feito no consultório de especialistas no assunto halitose ou em laboratórios especializados, o exame analisa ao mesmo tempo o PH, a quantidade de saliva produzida por minuto e a sua consistência.

Quando algum problema é diagnosticado, normalmente se indica o aumento da ingestão de água, simplesmente porque 90% da saliva é composta de água. Mesmo assim, dependendo do caso, o tratamento pode incluir medicamentos específicos, terapias a laser e até acupuntura.

Em situações extremas, é ainda possível recorrer ao uso da “saliva artificial”, uma espécie de soro que costuma aliviar na boca a sensação de secura.

Nos casos de doenças que prescindem de medicação contínua, o cirurgião-dentista pode ainda sugerir a possibilidade do médico fazer a substituição do remédio que seca a boca por outro sem esse efeito adverso.

Outras causas de halitose em idosos.

A deficiência na produção da saliva nem sempre é a causa exclusiva dos problemas de hálito em idosos. O uso de próteses removíveis e o ronco são fatores que também contribuem para a halitose.

Nos casos de pessoas que utilizam prótese removível, a falta de uma higiene oral correta pode interferir significamente no hálito. Por isso, higienizar com cuidado a prótese e limpar a língua com a escova e o gel da TUNG trazem excelentes resultados.

Por outro lado, as pessoas que roncam costumam abrir a boca para respirar melhor. Com isso, a mucosa desidrata e descama, criando o ambiente perfeito para bactérias proliferarem e liberarem os gases de enxofre que causam o mau cheiro. (Veja nosso artigo sobre o ronco aqui)

Importante. Quem cuida do idoso precisa ficar atento.

Muitas vezes, os idosos não sabem que sofrem de halitose ou, ainda, não conseguem compreender a origem do problema que, incrivelmente, tem solução e pode melhorar demais a qualidade de vida dessas pessoas. Por isso, filhos, netos e cuidadores têm um papel importante para orientar a tratar os idosos, ajudando a devolver-lhes hálito fresco e dignidade.

 

Os comentários estão encerrados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: