fbpx

Como anda a saúde de suas gengivas?

Escovou os dentes pela manhã e a gengiva começou a sangrar? Ou as gengivas estão doloridas? Bem, embora seja possível que você apenas tenha irritado suas gengivas com alguma comida, também é possível que você esteja desenvolvendo uma doença gengival. E, saiba, isso pode ser muito prejudicial para a saúde oral e de forma geral.

Então, como saber se tenho doença gengival?

A doença na gengiva varia de leve a grave. A forma mais branda da doença é a gengivite, que causa vermelhidão das gengivas, às vezes inchaço e sangramento, e normalmente é facilmente tratável. Pode ser causada por higiene bucal inadequada, mas também por tabagismo, diabetes ou outros problemas de saúde subjacentes. A gengivite não tratada pode levar à periodontite, que, por si só, tem as fases leve e avançada. A periodontite não tratada pode levar à perda do dente, portanto, cuidados e tratamento precoces de qualquer doença gengival são fundamentais.

Diante de qualquer suspeita de doença nas gengivas, consulte o dentista de confiança porque só ele poderá confirmar o diagnóstico e avaliar com segurança em qual dos 3 estágios da doença você se encontra. São eles:

Gengivite –  Ocorrem a vermelhidão ou inchaço da gengiva ou até sangramento durante a escovação ou uso do fio dental. Nesse estágio, a doença pode ser revertida desde que o osso e os ligamentos periodontais que seguram o dente no lugar não tenham sido afetados.

Periodontite – É quando o osso de apoio e as fibras que seguram os dentes no lugar estão irreversivelmente danificados. A gengiva começa a formar embaixo da margem gengival uma bolsa que favorece o crescimento da placa. Nesse momento, o tratamento periodontal adequado e melhoria da higiene bucal normalmente são cruciais para evitar mais danos à gengiva e ao osso.

Periodontite avançada – Nessa fase da doença, as fibras e o osso dos dentes estão sendo destruídos. Isso pode soltar os dentes e, consequentemente, afetar a sua mordida. Caso o tratamento periodontal não resolva, a extração dos dentes será inevitável.

Mas eu escovo meus dentes todos os dias!

Às vezes, as pessoas simplesmente não sabem quando tem alguma doença gengival e, por isso novamente, é tão importante marcar consultas regulares no dentista. Se você não vê sangramento ou inchaço, é fundamental que seu dentista faça um exame completo, incluindo radiografias, exames visuais e uma medição fácil dos “bolsos”, que são os espaços entre a linha da gengiva e seus dentes/mandíbula. Quanto mais fundo o bolso, mais grave é o problema e mais extenso será o tratamento.

O meu dentista não deveria ter avisado e prevenido sobre a minha doença da gengiva?

Você pode ir ao seu dentista regularmente, mas se estiver predisposto a problemas periodontais devido a questões de saúde ou se não estiver fazendo uma higiene oral completa  (que inclui a limpeza da língua regularmente com o TUNG Brush e Gel para remover bactérias que podem causar problemas de gengiva), ele não poderá fazer muita coisa para evitar o problema.

Então, o que fazer diante do diagnóstico de doença periodental?

Esperamos que o problema seja descoberto o mais cedo possível, porque dessa maneira o tratamento será tão simples como uma boa limpeza, enxágües periodontais e acompanhamentos regulares.

Se não for detectado precocemente, a raspagem e o aplainamento radicular, ou “limpeza dentária profunda”, provavelmente serão necessários, e isso é feito frequentemente em várias sessões para garantir bons resultados.

Apenas para reiterar, porém, muitos casos são doenças gengivais são completamente evitáveis ​​- depende de você! Certifique-se de manter essa rotina diária de higiene bucal e visite seu dentista regularmente.

 

Os comentários estão encerrados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: