fbpx

Sete dicas básicas para tomar “Decisões Felizes”.

Todos os dias, cada um de nós é colocado na posição de tomar uma decisão de algum tipo. Pode envolver algo trivial, como que cor usar ou o que comer no café da manhã ou algo que mude a vida, como decidir onde morar. Pode envolver apenas a nós mesmos ou ter um alcance e impacto mais amplo sobre os outros, como nossos filhos, parceiros, amigos, colegas de trabalho, vizinhos ou familiares.  O fato é: não existe um único dia em que as decisões não sejam tomadas.

1

A escritora de best-sellers do New York Times Gretchen Rubin, cujo objetivo é fornecer a seus leitores e ouvintes de podcasts insights sobre a “busca da felicidade e dos bons hábitos”, apresenta sete dicas básicas para fazer “Decisões Felizes”.

Sua questão fundamental é se o resultado de cada decisão a tornará mais feliz de uma forma ou de outra.

Nós da TUNG Brush and Gel queremos que você seja mais feliz em todos os aspectos de suas vidas, então pensamos em compartilhar aqui as sete principais dicas de Rubin para tomar decisões.

  1. Esta decisão vai fortalecer minhas relações com os outros? É provável que bons relacionamentos o façam mais feliz a longo prazo, portanto, mesmo que a reunião de família ou a formatura de seu primo tenha chances de ser um tédio, talvez valha a pena fazer o esforço para estar presente.
  2. Esta decisão vai trazer uma novidade ou um desafio? Às vezes é difícil aceitar novos desafios por causa de medos ou inseguranças. Mas muitas vezes, se superarmos esses medos, as recompensas de coisas novas valerão a pena para nossa felicidade.
  3. Qual é o custo de oportunidade desta decisão? Às vezes, o que você desiste na busca de um novo objetivo ou aventura pode ser mais importante do que o que você está perseguindo. Você tem que pesar a importância deste “custo de oportunidade” em seu processo de tomada de decisão.
  4. Essa decisão me ajuda a obedecer ao meu mandamento pessoal de ser eu mesmo? A linha de pensamento é ser fiel a si mesmo!
  5. Esta situação me energiza ou me drena? O caminho para essa escolha deve ser evidente!
  6. Os outros vão apoiar minha decisão? Embora a felicidade possa ser definida de forma diferente pelos outros, obter opiniões de pessoas que você gosta ou respeita pode ajudar a orientá-lo na direção certa.
  7. Lembre-se de “escolher uma vida maior”, lembrando que a “vida maior” é algo diferente para cada um de nós, o que leva a crer que não há resposta certa ou errada a muitas decisões pessoais, mas aquilo que faz você se sentir e ser melhor.

2.jpg

A gente sabe que decisões podem mudar nossas vidas o tempo todo. Agradecemos a www.gretchenrubin.com por compartilhar suas inspirações e boas reflexões.

(texto adaptado do original no blog da tungbrush.com)

 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: