fbpx

HPV na boca: sintomas e prevenção.

Os dados são alarmantes: segundo um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde há um ano atrás, existe uma prevalência de cerca de 54% de casos de HPV entre a população brasileira de 16 a 25 anos, sendo que 38,4% são de tipos de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

O HPV (sigla em inglês para Papilomavírus Humano) é um vírus que infecta a pele ou as mucosas oral, genital ou anal, tanto de homens quanto de mulheres, provocando verrugas e câncer, dependendo do tipo de vírus. A infecção pelo HPV é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).

Na boca, o HPV acontece por meio do contato direto da mucosa oral com o Papiloma vírus humano durante o beijo ou o sexo.

As pessoas com HPV na boca podem passar o vírus para outros através do beijo na boca e do contato íntimo oral. No entanto, um indivíduo pode ser portador do vírus HPV na boca e não apresentar sintomas porque nem sempre as lesões são vistas a ‘olho nu’. E é aí que mora o perigo.

Por que o HPV é perigoso?

O HPV na boca quando não tratado pode aumentar o risco de desenvolvimento do câncer oral e o surgimento de uma infecção chamada de Doença de Heck. Fora isso, é uma doença transmissível e, claro, você não quer contaminar ninguém com o vírus, né?

Será que eu tenho HPV?

Os sintomas geralmente estão associados ao aparecimentos de pequenas feridas que lembram verrugas esbranquiçadas. Essas pequenas lesões podem ser brancas, vermelhas clarinhas ou cor da pele. Outros sinais podem ser:

  • aparecimento de pequenas aftas na gengiva, céu da boca e língua.
  • dificuldade na mastigação e deglutição de alimentos.

O período de incubação do vírus HPV na boca pode variar entre 4 semanas a 1 ano. Mas vale lembrar que um indivíduo pode conter o vírus HPV na boca e não apresentar sintomas porque nem sempre as lesões são visíveis a ‘olho nu’.  

Se tiver qualquer suspeita de HPV, converse logo com seu dentista ou um médico infectologista que irá examinar você e oferecer as orientações necessárias.

Então, como não adquirir o HPV na boca?

Normalmente as pessoas não perguntam antes do beijo: você tem HPV? Posso beijar sem medo? Por isso, o melhor jeito de se prevenir é a vacinação. E quanto mais cedo melhor. Atualmente, a indicação da vacina é a partir dos 12 anos, antes dos adolescentes começarem a beijar e se tornarem sexualmente ativos. Mas, se você passou dessa fase, lembre-se que nunca é tarde para se vacinar. Converse com seu médico e ele poderá orientar você.

Para prevenir e evitar a contaminação, sugerimos os seguintes cuidados:

  • Use preservativos inclusive no sexo oral.
  • Mantenha a higiene oral em dia e não esqueça da limpeza da língua com a escova e o gel da TUNG.
  • Se perceber qualquer feridinha ou anormalidade na boca, busque ajuda profissional imediatamente. Quanto mais demorar, você corre o risco do HPV se espalhar e provocar efeitos ainda mais nocivos ao organismo.

Prevenção é fundamental. Esteja atento e visite regularmente o dentista. Ele poderá identificar pequenas lesões e iniciar o tratamento antes da evolução da doença.

 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: