fbpx

O que é língua geográfica?

Também conhecida como “Glossite Migratória Benigna”, a “Língua Geográfica” não é uma doença, mas uma condição inofensiva que ataca a língua em forma de manchas brancas cercadas por bordas vermelhas na parte superior ou lateral da língua. As manchas podem mudar de localização, tamanho e forma.

No início, tudo começa com pequenas manchas brancas na língua. Depois, conforme elas aumentam ou migram, surge uma área vermelha por conta da perda das papilas. Algumas pessoas podem sentir ardência, aumento da sensibilidade e até dor, especialmente quando ingerem alimentos quentes, picantes ou ácidos.

O nome “Língua Geográfica” tem a ver com a topografia da língua que fica com o aspecto de um mapa.

No Brasil, todo ano são identificados mais de 2 milhões de casos, incluindo bebês, crianças, adultos e idosos.

Normalmente, as manchas cicatrizam e migram para outra área da língua antes de desaparecem espontaneamente.

Então, como surgem essas manchas?

As causas da  “Língua Geográfica” são difíceis de serem determinadas, mas podem estar relacionadas a diversos fatores que incluem estresse, alterações hormonais, predisposição genética, alergias, síndrome de Down e até carências nutricionais.

Enfim, para um diagnóstico e tratamento, recomendamos consultar um médico. Pode ser o seu clínico geral, dentista, geriatra, pediatra ou dermatologista de confiança.

Agora, é importante saber que, apesar da aparência, a língua com essa condição não é necessariamente propensa ao mau hálito.

A língua normal e saudável é suave e rosada, com ligeiro brilho devido ao fluxo normal da saliva.

Por isso, da próxima vez que você olhar para a sua língua, observe a sua topografia e se existem manchas.

E lembre-se que, com o hábito diário de limpeza da língua com a duplinha TUNG Brus & Gel, você poderá identificar com rapidez qualquer condição que não seja habitual.

 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: