fbpx

O poder da fibra contra a halitose.

Sabia que o consumo de alimentos fibrosos ajuda na redução do mau hálito?

A explicação é simples e tem uma lógica: quanto mais você mastiga, maior é o estímulo ao fluxo salivar, o que deixa a boca mais limpa e hidratada, parte da placa bacteriana, modernamente chamado de biofilme oral.

Por isso, os alimentos ricos em fibras e com alta necessidade de mastigação reduzem significativamente a halitose perceptível pelo olfato de outras pessoas.

Funciona como se fosse uma autolimpeza na boca. 

O atrito dos alimentos   com as superfícies e o aumento do fluxo salivar ajudam a eliminar os resíduos alimentares, células descamadas e bactérias, principalmente da superfície da língua, onde se acumula a saburra.

Fizemos uma listinha de alguns alimentos fibrosos para você incluir nas suas refeições ou até nos lanchinhos.

  • Farelo de aveia
  • Gergelim
  • Germen de trigo
  • Quinoa
  • Linhaça
  • Frutas com bastante fibra
  • Vegetais crus

Vale lembrar que, por outro lado, refeições exclusivamente líquidas ou pastosas (shakes, iogurtes, sucos e sopas) não favorecem o processo “autolimpante” da boca. Por isso, são mais suscetíveis a serem associados ao mau hálito.

Outro lado legal das fibras é que elas também fazem bem para a saúde, por causa dos ricos nutrientes e porque ajudam no bom funcionamento do intestino. 

De qualquer maneira, existe ainda outro aspecto fundamental para evitar a halitose: a qualidade da higiene oral. 

Mesmo com uma dieta riquíssima em fibras e evitando alimentos líquidos, é necessário escovar os dentes, usar escovas interdentais e fazer a limpeza da língua diariamente com produtos específicos.

Fora isso, é importante manter as visitas regulares ao cirurgião-dentista, porque ele é a melhor pessoa para avaliar (e avisar) se você sofre ou não de halitose. 

Então, bora se cuidar?

 

Deixe uma resposta

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: